• Qua. Mai 12th, 2021

Voz no Deserto

Conhecendo a Palavra de Deus aplicada aos últimos tempos

O que levamos dessa vida após nossa morte?

Byelmar_ricardo

Fev 3, 2021

Texto base: Lucas 16:19-31;

Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente. Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele; E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas. E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado. E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá. E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam. Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.

Introdução:

Um dos maiores mistérios da nossa existência se relaciona a vida após a morte. Muitos quando falam de morte sentem medo, justamente por ser um assunto desconhecido pelo homem. Alguns acreditam que a nossa existência se limita a esse mundo, uma vez que morrermos tudo acaba, mas aprendemos com a palavra de Deus que isso não é verdade. A nossa existência não acaba quando morremos.

Muitos cristãos têm dúvidas com relação a vida após a morte, alguns tem medo, embora conheçam e tenham tido alguma experiência com Jesus temem a morte. Outros não sabem ou tem ideia de como será nossa vida pós morte. Quem já perdeu algum ente querido não tem ideia se algum dia irá revê-lo ou se nossa mente será totalmente apagada e seremos um espírito desencarnado sem memória nem consciência que só estará no céu para louvar ao Senhor Jesus.

A questão é que esse é um tema pouco abordado no meio cristão e quando abordado é tratado de forma muito superficial. A Bíblia nos dá preciosas dicas sobre essas questões e pretendo me aprofundar um pouco nesse tema hoje. Sim, por mais estranho que seja quando morremos levamos algumas coisas dessa vida conosco. A diferença que existe é se você morre no Senhor ou sem Ele.

Quando falamos em vida pós morte ou eternidade é evidente que não conseguiremos levar nada material desse mundo. Fama, dinheiro, sucesso, apartamentos, carros, lanchas, bens materiais diversos, entre outros, nada disso vai te acompanhar, mas existem essencialmente algumas coisas que certamente vão estar com você no dia da sua morte. Dependendo do seu estado espiritual elas vão se apresentar ou não. Vamos entender melhor isso.

1 – A Sua Consciência

E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.

Lucas 16:22,23

Nesse trecho do texto base de nosso estudo percebemos que ao morrer o rico estava consciente pois conseguiu ver Abraão e Lázaro. O rico estava no inferno de forma consciente.  Aprendemos com isso que se você morrer sem Jesus estará no inferno, mas sua mente não será apagada. A sua essência ou o seu EU estará completamente intacto.

Um outro ponto importante nesse trecho é que você também reconhecerá as pessoas. Mesmo estando em uma dimensão diferente de Lázaro, o rico conseguiu reconhecê-lo. O corpo morre, mas a mente continua.

Ok, mas será que muda alguma coisa quando falamos da morte de um justo? Quando um cristão morre sua mente é apagada? Perdemos a nossa essência?

Mas eu vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no reino dos céus; Mateus 8:11

A resposta para as dúvidas acima pode ser respondida no versículo que acabamos de ler. Sim, estaremos no reino dos céus com Jesus e estaremos conscientes de quem somos e mais, também reconheceremos as pessoas (nos assentaremos a mesa com Abraão, Isaque e Jacó). Se reconheceremos esses profetas do passado a quem nunca vimos, mas estudamos suas vidas através da Bíblia, é certo dizer que também reconheceremos nossos entes queridos que já estão na Glória, pois nossas mentes não serão apagadas, não seremos uma entidade espiritual sem corpo e sem memória. Teremos a consciência plena de quem somos no reino dos céus.

Lembre-se sempre do modelo de ressurreição que Jesus nos deixou através de sua própria vida. Quando Jesus ressuscitou dos mortos ele não deixou de reconhecer as pessoas de seu cotidiano. Ele estava totalmente consciente de quem era.

2 – A dor

E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.  Lucas 16:24

Esse versículo nos revela que a dor estará presente para aqueles que estarão no inferno. O texto fala de refrescar a língua (ou seja, uma sede muito grande), também observamos os termos “atormentado” nas chamas. Em resumo o inferno será um lugar de dores constantes e sem interrupção. Quando estamos com uma forte dor de cabeça ou sentimos algum tipo de dor que nos incomoda lançamos mão de algum medicamento para aliviar aquilo que estamos sentindo e em muitos os casos o remédio nos ajuda. Agora imagina viver constantemente sentindo dor, sendo atormentado em um lugar que é descrito como sendo muito quente pois há chamas nele? Os sentidos daqueles que estarão no inferno serão preservados pois observamos que o rico conseguia ver e sentir dor.

Muitas pessoas em um ato de desespero buscam a morte como uma forma de se livrar do sofrimento que estão passando aqui na terra, estando você agora consciente do que representa estar no inferno, percebe-se que esse ato impensado só trará mais dor e sofrimento para aqueles que o cometem.

A dor constante é uma realidade do inferno, mas será que quem morre em Cristo também sente dor? Será que o cristão verdadeiro também terá seus sentidos preservados? No que difere nesse aspecto a morte de um cristão convertido para aqueles que morrem sem Jesus?

E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.  Apocalipse 21:4

Aqueles que morrem em Cristo não vão experimentar a segunda morte (espiritual), não vão mais sentir tristeza, pois suas lágrimas serão limpas. Não haverá mais choro, nem clamor algum e sim, estaremos livres de qualquer tipo de dor.

A morte de um justo e a morte de um ímpio se assemelham em algumas coisas, mas são completamente diferentes em outras. Ter essa consciência do mundo espiritual deveria trazer para a igreja um senso de urgência em pregar o evangelho e levar a mensagem da salvação para aqueles que ainda não aceitaram Jesus como seu único e completo senhor e salvador de suas vidas. Mas o que se percebe muitas das vezes é uma grande negligência e até mesmo descaso para com aqueles que estão nas trevas.

3 – Haverá consequências

Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado. E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá. Lucas 16:25,26

Nós levaremos as consequências da vida que vivemos aqui na terra para a eternidade. Aquilo que fazemos em vida, ecoa na eternidade. Perceba que em suas vidas terrenas, o rico e o Lázaro tinham vidas completamente opostas. Um era abastado de dinheiro, possuía riquezas, farta alimentação e tudo que o dinheiro possa comprar. Entretanto Lázaro era pobre e tudo indica que levava uma vida muito sofrida, com escassez de dinheiro, alimentos e quaisquer recursos. A diferença entre eles era a vida que tinham com Deus. Nessa parábola não fica detalhado isso, mas percebemos que esse relacionamento com Deus que Lázaro tinha, permitiu que ele fosse “levado por anjos” (Lucas 16:22) para o paraíso (na época era entendido pelos Judeus como seio de Abraão) quando sua hora chegou. No entanto quando o rico morreu não há relatos de que ele foi levado por anjos. A parábola apenas fala que o rico “foi sepultado” (Lucas 16:22).  Podemos entender esse sepultamento como a segunda morte, ou seja, o rico passará a eternidade longe da presença de Deus e sofrendo os inúmeros tormentos reservados a quem estiver nesse lugar terrível.

Uma outra realidade espiritual que por mais óbvio que pareça precisamos reforçar é que não há formas de sair do inferno e ir para o céu e vice versa. “E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá.” Lucas 16:26   Muito cuidado com doutrinas que ensinam conceito de purgatório ou que ensinam que não existe céu e nem inferno, que nosso inferno é aqui na terra. Existem muitas teorias que cercam esse tema e para muitas não há base bíblica.

4 – Sua lembrança

E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. Lucas 16:27,28

Nessa passagem fica claro que quem estiver no inferno terá suas lembranças preservadas. Observe que o rico lembrou da casa de seu pai e seus irmãos. A grande preocupação dele naquele momento era avisar seus entes queridos da existência de tal lugar afim de lhes poupar todo aquele sofrimento.

As lembranças de quem está no inferno pode ser algo tão doloroso quanto qualquer outro tormento pois a pessoa certamente vai se lembrar de um amigo ou parente que em algum momento de sua vida falou de Jesus e do seu amor, mas foi ignorado. Quantas vezes essa pessoa ouviu pregações e ridicularizava os pastores. Nesse lugar haverá lamentos e ranger de dentes.

Mas com relação ao servo do Senhor Jesus? Nós teremos nossas lembranças preservadas depois de nossa morte?

E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram. E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra? E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram. Apocalipse 6:9-11

O contexto dessa passagem é a grande tribulação, o governo do anticristo estará no seu ápice, as perseguições a quem professa a fé em Jesus serão grandes. Nessa visão João contempla a abertura do quinto selo e consegue deslumbrar as almas das pessoas que foram mortas por amor a palavra de Deus. E observe que essas pessoas clamam por justiça para que aqueles responsáveis por suas mortes sejam punidos, ou seja, existe a lembrança dos que estarão no reino dos céus com relação as suas vidas terrenas. A diferença é que Deus na sua imensa bondade anulará toda e qualquer lembrança que nos traga sofrimento, dor ou angústia. No céu estaremos livres de sentimentos como cobiça, inveja, orgulho, ódio etc.

Conclusão:

No estudo de hoje aprendemos que sim, ao morrermos levaremos dessa vida algumas coisas. Mesmo após nossa morte podemos ter a certeza de que estaremos conscientes, nossos sentidos e lembranças estarão presentes. O mundo espiritual é uma realidade que muitas das vezes é ignorada por nós cristãos.  Que hoje possamos ter o nosso senso de urgência despertado. Que possamos falar mais do amor de Deus e do plano de salvação.

Deus abençoe ricamente!

 70 total views,  2 views today

elmar_ricardo

Servo do Senhor Jesus que tem a missão de trazer luz e esclarecimentos a todos que queiram entender melhor a palavra de Deus e os sinais do final dos tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.