• 16/08/2022 3:14 AM

Voz no Deserto

Conhecendo a Palavra de Deus aplicada aos últimos tempos

Preparação para o Final do Tempos

Byelmar_ricardo

Jul 24, 2022

Texto base: Mateus 24:37-39

“E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.”

Introdução:

Confesso aos irmãos que esse estudo embora aparentemente possa parecer mais tranquilo em relação aos muitos já mencionados aqui no site, ele demorou a se consolidar no meu coração, e para aqueles que ainda não perceberam, costumo escrever somente quando Deus toca no meu coração para tratar de algum tema específico.

Quando falamos em preparação para alguma coisa, normalmente envolve elementos como um cronograma, uma rotina seja de estudos ou treinos, metas estabelecidas para que quando chegar o dia em questão estejamos preparados para o evento, seja ele um concurso público, uma corrida de rua, uma competição de judô, etc. o fato é, existe a consciência da necessidade de preparação para uma determinada prova, sem a qual serei reprovado ou desclassificado.

Na nossa vida cristã a coisa funciona da mesma forma, temos que ter uma preparação, um cronograma, uma rotina de treinos ou estudos, metas estabelecidas e precisamos estar preparados para o dia do Senhor. O dia em que Jesus virá buscar a sua noiva e partiremos desse mundo para desfrutar das bodas com o Cordeiro.

Apesar disso tudo ser muito bom percebemos que a realidade é muito diferente, as pessoas de deveriam estar se preparando para a “grande prova” estão na verdade vivendo suas vidas como se nada estivesse acontecendo, ou pior, como se a prova fosse demorar para acontecer ou não fosse acontecer. Isso tem produzido no mundo um tipo de cristão totalmente mutilado da palavra de Deus quando o assunto é a volta do Senhor. O Cristão sem Apocalipse tem algumas características tais como:

1 – Cristãos totalmente despreparados com relação a volta do Senhor

“Assim, também vocês precisam estar preparados, porque o Filho do homem virá numa hora em que vocês menos esperam.” Mateus 24:44

A falta de preparação para volta de Cristo denota por parte dos cristãos uma falta de expectativa com relação ao encontro com Cristo, ou seja, não se sabe quando será o “o dia da prova”, portanto a preparação se torna algo penoso e as vezes sem sentido para alguns.

Por incrível que pareça se vive uma vida inteira dizendo que ama a Jesus, mas a prática é outra bem diferente. O viver em santidade já não é uma prioridade na vida da igreja pois a visão de que a nossa “prova” está longa de acontecer nos deixa mais relaxados com as coisas de Deus, aceitamos princípios do mundo no mundo cristão, adotamos práticas pagãs nos cultos, fingimos ou até mesmo negligenciamos o estudo da escatologia dos nossos estudos diários e da EBD com as mais variadas desculpas (é muito difícil, isso não é pra mim, é difícil interpretar, é confuso ou até mesmo “nunca vi ninguém se converter ouvindo apocalipse”, sim, já ouvi isso de um pastor e me entristeceu muito o coração).

Em contrapartida a igreja moderna a igreja primitiva vivia um cristianismo intenso, como se Jesus fosse voltar a qualquer momento, junto com esse ingrediente podemos incluir as constantes perseguições do império Romano, a clandestinidade com que a mensagem de Cristo era passada e o amor latente dos irmãos uns pelos outros. Entendo que com o passar dos anos perdemos muito de nossa essência. O inimigo de nossas almas percebendo que não podia destruir a igreja com a força mudou a estratégia e começou tentar destruir ela de dentro pra fora.

2 – Cristãos sem consciência do momento presente que vivemos

“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.”  2 Timóteo 3:1-5

A falta de consciência do momento em que vivemos denota a total alienação espiritual em que se encontra um indivíduo ou uma igreja que não está focada em ganhar almas para Cristo e se preparar para a volta de Jesus. O que vemos é uma infinidade de programações do tipo “Cristão para Cristão” ou “Comemoração do Dia de Alguma Coisa”, mas não vemos mais pregações onde o pecado é denunciado, onde as pessoas são proclamadas a voltarem seus rostos para Deus e se arrependerem. Devemos voltar a essência da palavra de Deus.

“E, naqueles dias, apareceu João o Batista pregando no deserto da Judéia, E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que disse: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, Endireitai as suas veredas. E este João tinha as suas vestes de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e de mel silvestre. Então ia ter com ele Jerusalém, e toda a Judéia, e toda a província adjacente ao Jordão; E eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados. E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus, que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura? Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento;”  Mateus 3:1-8

A essência da pregação de João Batista era o arrependimento e o confronto. Ele tinha a missão de preparar o caminho para o início do ministério de Jesus, tanto no tipo de mensagem a ser pregada quanto no próprio estilo de confronto onde o sistema religioso da época representado pelos fariseus e saduceus eram desafiados.

Conforme o texto que lemos em 2 Timóteo  o mundo não vai melhorar ( “…nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis” ), portanto estar preparado para uma “prova difícil” se faz necessário.

Cada vez mais o homem estará voltado para si mesmo e menos voltado para Deus, cada vez mais o homem será mais egoísta, mais cruel, com menos amor no coração. Essa palavra nos deixa um alerta muito sério, devemos orar primeiramente para que Deus tenha misericórdia de nossas vidas e não permita que nos tornemos pessoas amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos … Essas são as características de como a sociedade estará na grande tribulação, no momento em que o anticristo estiver governando o mundo, mas hoje vemos tudo isso que foi citado em proporções menores do que será nos últimos dias.

Como desempenharemos o nosso verdadeiro papel nesse mundo se não temos consciência dele? Como faremos a diferença nesse mundo sendo Sal e Luz se nos comportamos como se a volta de Cristo não existisse? Como estar preparado para algo que ignoro?

3 – Cristãos desconectados das profecias do Fim

“Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” Apocalipse 1:3

A desconexão de muitos cristãos com o livro de apocalipse gera uma fé em Cristo mutilada pois a obra redentora de Jesus que consiste em seu nascimento, morte, ressurreição e Segunda vinda a terra como Rei fica incompleta, ou seja, o encontro do Noivo (Jesus) com sua Noiva (Igreja) para as bodas do casamento é totalmente negligenciado e até mesmo evitada. Porém o livro de apocalipse é um dos poucos (senão o único) da Bíblia que já começa com uma bem-aventurança para todo aquele que lê, ouve e guarda as palavras de suas profecias.

Ao viver um evangelho desconectado das profecias do fim perdemos o parâmetro de que tudo que aprendemos na Bíblia, todas as experiências que vivenciamos e todo o trabalho que foi feito não terá um desfecho final. É como se você estivesse assistindo a um bom filme no cinema, mas quando esse filme estivesse chegando ao seu clímax para o seu desfecho ele simplesmente voltasse para o início. Isso faria algum sentido? Pois é assim como muitos tem vivido.

Você certamente já foi aluno alguma vez em sua vida. Me lembro que quando era aluno assistia as aulas das mais diversas matérias de forma muito relaxada e até desinteressada na maioria das vezes, pois não havia ainda nenhum compromisso de se estudar para fazer qualquer tipo de prova. Essa postura mudava quando a professora marcava a prova, aquele relaxamento era substituído por um senso de urgência e alerta, as dúvidas que antes pareciam não existir agora surgiam a todo momento e o estado de tensão agora era constante até o momento da prova.

Assim tem vivido a maioria de nós, relaxado com a palavra de Deus e com o relacionamento com Ele, talvez até desinteressado pois “o dia da prova” tem se mostrado longe ou imperceptível, mas Jesus já nos deixou vários alertas de que sua volta estaria próxima, se você voltar nesse site e estudar os mais diversos artigos e vídeos entenderá melhor todo esse cenário. O fato é que quando temos a perspectiva do apocalipse em nossas vidas vivemos em constante alerta espiritual, estamos mais atentos aos detalhes das coisas de Deus, do Seu agir, do mundo que nos cerca, dos acontecimentos que nos afetará e principalmente saberemos como nos posicionar diante dos mais diversos desafios.

4 – Cristãos incapazes de contextualizar as profecias com o tempo presente

O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.” Oséias 4:6

A falta de conhecimento certamente é um dos principais fatores no qual Satanás usa para derrubar o povo de Deus. Todo o sistema que controla o mundo hoje e que vai ter o seu auge com o surgimento do anticristo, usa de diversos estratagemas e artimanhas para se conseguir atingir seus objetivos. Muitas das vezes por pura ignorância deixamos entrar em nossos lares coisas terrivelmente malignas, rituais, feitiçarias, simbologias das mais diversas entre outras coisas. Aquela ideia que muitas das vezes nutrimos durante muitos anos de que basta saber o básico da Palavra de Deus que estarei bem, não é uma verdade absoluta. É preciso que cada um de nós tenhamos uma mentalidade de guerra pois estamos vivendo uma guerra desde a queda de Adão.

Antes da queda Adão era o príncipe desse mundo, dominava sobre os animais e sobre a natureza. Tinha autoridade sobre toda a criação de Deus, devendo obediência apenas a Deus. Essa autoridade e domínio foi roubada por Satanás no Éden, desde então a humanidade trava uma guerra que dura até hoje e que evoluiu ao longo dos anos. Sim, Satanás tem a capacidade de aprender com os erros do passado, tenta corromper o homem e levá-lo a ruína com novas estratégias, portanto precisamos estar firmados em Cristo, na Sua palavra, atento aos sinais de sua volta para que possamos discernir as estratégias malignas nesse tempo presente.

Conclusão: Precisamos hoje mesmo identificar se estamos vivendo um evangelho mutilado onde ignoro deliberadamente parte da Palavra de Deus. Se eu vivo esse evangelho mutilado então devo hoje mesmo buscar o conhecimento que me falta para que se tenha condições de discernir e lutar a batalha do tempo presente. As igrejas precisam não só saber identificar com sabedoria os sinais do fim, como também precisam estar preparada para não serem pegas de surpresa. Viver uma vida com a expectativa da volta de Cristo a qualquer momento vai nos deixar em alerta espiritual constante fazendo com que busquemos a santificação a cada dia.

Deus abençoe ricamente sua vida.

 6 total views,  1 views today

5/5 - (1 vote)

elmar_ricardo

Servo do Senhor Jesus que tem a missão de trazer luz e esclarecimentos a todos que queiram entender melhor a palavra de Deus e os sinais do final dos tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.